quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Bedford na Publicidade-José Maria da Fonseca

Desta feita...foi num rótulo de Vinho Tinto: Vinhas de Algeruz, que vi um cartoon do que me parece ser mais uma aparição das nossas Bedford J.
Quanto ao Vinho em si, nada posso adiantar pois ficou na mesma prateleira onde estava...



terça-feira, 6 de novembro de 2018

Novo material para venda

Kits completos de Vedantes para os Bombitos da frente e de trás























Recondicionamento total das Maxilas de Travões

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Restauro de Volantes


Era uma vez...

3 Volantes em mau estado...que deram de caras com um menino muito habilidoso...muito, que estava a restaurar uma Bedford J2 e por sinal precisava de um volante em condições para lhe oferecer.

Vai daí, esse tal menino habilidoso, muito, foi ver tutoriais para o site dos vídeos e pôs as suas habilidosas mãos ao caminho.

Comprou o material, passou umas belas horas a cheirar pó...de baquelite e aprendeu com quantos paus se faz uma canoa!































Ao fim de uns belos dias à volta do torno, limas e lixas, os ditos volantes estavam prontos para ir visitar o forno da pintura...pois depois de tanto trabalho não iam levar uma borradela a spray fajuta...pois não?

Foi assim que os três irmãos volantes tiveram uma nova vida...









Dois destes volantes são para venda😉

terça-feira, 25 de setembro de 2018

Bedford na Publicidade-Licor Beirão

"A nossa Bedford foi transformada este ano e foi um projeto muito aliciante para nós.

Queríamos ter algo diferente e impactante, sendo que achámos a Bedford a carrinha ideal.

Ficou exatamente como idealizámos e tem feito o maior sucesso! Estamos muito satisfeitos com o resultado final.

Em eventos mais pequeninos podemos trabalhar apenas na banca da frente, contudo, em eventos de maior afluência, a nossa carrinha permite-nos ter toda uma equipa a trabalhar na parte de trás, de forma a efetuar um serviço rápido e eficiente."

Esta era a nossa carrinha antes de ser transformada:






























Atualmente a nossa carrinha está assim:












Esta Bedford J, impecavelmente restaurada, foi apanhada pelo Bedford J paparazzi, no Festival Iminente, em Monsanto.























Festival de Arte Urbana com a presença de MAR, +- e Vhils, entre outros.

Assim nasceu o Professor:



Este festival foi realiza no antigo Restaurante Panorâmico, agora designado Miradouro Panorâmico de Monsanto.
Este brutal edificio vale por si só a visita, mas se encontrarem o Professor...aí descobriram tudo...



Em boa hora o Licor Beirão teve a ideia de recuperar mais um exemplar destas míticas Bedford J.
À semelhança do Douro, muitas empresas o estão a fazer e a ajudar a estirpe a sobreviver à epidemia dos sucateiros, apanhadores e ladrões de sucata!

Agradeço desde já ao Licor Beirão, na pessoa da Carina Vaz a contribuição com material para este post.






sábado, 7 de abril de 2018

António: novo membro família Bedford

Sou um fã de carros antigos (tenho vários mas com outros propósitos). Para a agricultura tenho um Land Rover Série II de 1959 e duas carrinhas Mazda de caixa aberta, uma E2700 e a outra E3000. Contudo sempre admirei as "Ramonas" e sempre pretendi adquirir uma mas os preços andam muito elevados mesmo em viaturas em estado bastante degradado. Desde que decidi adquirir no início deste ano, andei cerca de 3 meses a procurar e a contactar algumas pessoas que conheço entendidas na matéria (leia-se Bedford's), até que há 15 dias atrás surgiu um negócio interessante...e cá está ela à espera de uns mimos para poder rodar novamente.
Tenho algumas vinhas e necessitava de uma carrinha carismática mas que ao mesmo tempo tivesse força para vir carregada desde o rio Pinhão com as dornas cheias de uvas.
Pelo que sei esta carrinha seria de Ervedosa do Douro, depois foi parar a Sever do Vouga e eu fui buscá-la na zona do Porto. 
Bom se era de Ervedosa, como me informaram, deve ter tirado bastantes dornas de uvas, entre outros trabalhos agrícolas. Sei também que foi viatura de um negócio de frutas e legumes, depois foi vendida e esteve parada 2 anos na rua. Agora aguarda tempo para que lhe possa fazer uma revisão geral.

Devido à sobrevalorização deste modelo (são bem bonitas e boas...mas não são feitas de ouro ;) e uma vez que não encontrava nada dentro do meu alcance financeiro (as carrinhas que apareciam ou eram muito caras, ou se eram baratas não trabalhavam, ou estavam incompletas, ou bastante podres, a alternativa passou pelas TK 570, que partilham a mesma mecânica existindo uma diferença ou outra no sistema de travagem e relação de diferencial. Achava estranho que com praticamente as mesmas características mecânicas não fossem muito utilizadas nos trabalhos do Douro. Bom mas esteve mesmo vai não vai para ser um modelo desses....

Ponderei também outra Mazda (algumas peças começam a ser difíceis de encontrar), Toyota BU30 ou algo mais recente como a Nissan Cabstar 3500 cc.também com muita força, mas o bichinho estava lá.....


É uma CHJ1 de 1970 que em breve estará a passear-se nas estradas nacionais do Douro. Em termos gerais está porreira necessitando de uma pintura uma vez que a tinta existente seria de má qualidade e está toda estalada, mas a chapa não apresenta podres. O interior está em bom estado. Como já referi necessita de uma revisão geral à mecânica, travões e transmissão. Mais tarde irei também chapear a caixa de carga para a madeira não apodrecer tão rápido.


Problemas à primeira vista é a folga na direcção, o vidro do condutor que só abre até meio e as borrachas que deixam entrar um pouco de água.

terça-feira, 6 de março de 2018